MELLO
Fulgêncio Custodio de MELLO  ♥♥   Maria Joana de MELLO 
Fulgêncio Custodio de MELLO Filho  ♥♥   Iracy LOMBARDI
Sandra Helena Lombardi de MELLO  ♥♥   Paulo Roberto VECCHI
»»     veja:  VECCHI
Antonio Fernando Lombardi de MELLO  ♥♥   Maria de Lourdes Piovesan MARTINS
Fernando Martins MELLO
Danilo Martins MELLO
Julio Cesar Lombardi MELLO  ♥♥   Regina Fátima de SOUZA
Gabriela Lombardi de MELLO
Julio Cesar Lombardi MELLO Junior
João Custodio de MELLO  ♥♥   Mariana 
José Fulgêncio Custodio de MELLO
Camilo Custodio de MELLO
Altair Custodio de MELLO  ♥♥   Domiciana 
Joaquim Custodio de MELLO  ♥♥   Srª. (??)
Regina Custodio de MELLO
Donizete Custodio de MELLO
Silvia Custodio de MELLO
Maria Aparecida Custodio de MELLO  ♥♥   Idalio CHIEZA
»»     veja:  CHIEZA
Maria Isabel Custodio de MELLO  ♥♥   Durval (??)
Cecilia 
Rita 
Aurora Gustodio de MELLO  ♥♥   Benedito (??)
Tadeu   ♥♥   Luci 
Maria José 
Donizete 
Arlinda Custodio de MELLO  ♥♥   Manoel (??)
Andrea 
Denize 
Manoel  Neto
                                                   
Laços MELLO - VECCHI:        Sandra Helena Lombardi de Mello (neta de Fulgêncio Custódio de Mello) casou-se com Paulo Roberto Vecchi (filho de Walter Vecchi).

MELLA
MELLI
MELLO
Mella potrebbe avere alcuni ceppi nel Veneto ed uno nel milanese, Melli sembra avere due nuclei, uno nel milanese ed uno tra Mantova e Modena, Mello, abbastanza raro, dovrebbe essere originario del Salento. Mella e Melli dovrebbero derivare da uno dei vari toponimi contenenti il termine relativo al fiume Mella, come Azzano Mella (BS), Bagnolo Mella (BS), Tavernole sul Mella (BS).
Fonte: http://www.cognomiitaliani.org

 

** Nota do Autor => O Brasão e dados abaixo provavelmente não possuem ligação com a família MELLO aqui citada, mas foram incluídos a título de ilustração até que se conheçam as origens, histórias e heráldica corretas. ** - Fontes: http://genealogia.netopia.pt

MELO - MELLO (Portugal)

As armas dos Melos - Mellos derivam das dos «de Riba de Vizela» e são: de vermelho, uma cruz dupla ou dobre cruz de ouro, acompanhada de seis besantes de prata; bordadura de ouro. Timbre: uma águia estendida de negro, besantada de prata.

História (Heráldica Portuguesa)  
  • Deriva este nome de uma alcunha e a família que o adotou por apelido é da mais remota e nobre ascendência.
  • Deriva ela, com efeito, de D. Soeiro Reimondes, o Merlo - ou «melro» -, (contemporâneo dos reis D. Afonso III e D. Dinis) que era o chefe de linhagem dos «de Riba de Vizela» e, por esta via, da dos «da Maia».
  • Vindo para o Sul, fundou na Beira a vila de Merlo, depois Melo, sendo dela senhor, bem como de Gouveia.
  • Do seu casamento com D. Urraca Viegas, filha de D. Egas Gomes Barroso e de sua mulher D. Urraca Vasques de Ambia, teve descendência na qual se fixaria o nome Melo.
  • Mantem-se, na atualidade, o uso por parte de várias famílias, da grafia Mello. Na impossibilidade de saber com exatidão quem assim assina ou está registrado e também por uma questão de uniformidade de critérios, adotamos aqui a grafia moderna, i.e., Melo.